asscom.ijoma@gmail.com

(96) 3222-5675 / (96) 99191-6270

CNPJ: 11.938.200/0001-06

Av. Dr. Silas Salgado, 3586 - Santa Rita. Macapá - AP, 68901-346.

Prazo de 10 dias para Entrega de Produtos

no Estado do Amapá.

INSTITUTO JOEL MAGALHÃES

Horário de Atendimento:

Segunda à Sexta: 8h às 12h - 14h às 18h

​​Sábado: 8h - 12h

©2019 Todos os direitos reservados. Criado por Fabrício Ferrari

  • Instagram ícone social
  • YouTube ícone social
  • Facebook ícone social
  • Twitter ícone social

IJOMA REALIZA EVENTO EM COMEMORAÇÃO AO DIA INTERNACIONAL DA MULHER

Redação IJOMA

Macapá, 09 de Março de 2020

por Renato José


Auditório do IJOMA lotado hoje pela manhã


Com o título “Todo dia é Dia da Mulher", o Instituto de Prevenção do Câncer Joel Magalhães realizou hoje pela parte manhã, 09, programação alusiva ao Dia Internacional da Mulher. Na ocasião, participaram cerca de cinquenta (50) mulheres de todas as faixas etárias.


Das 8 às 9 da manhã aconteceu a palestra sobre “Violência Doméstica”, e das 10 às 11 horas “Empoderamento Feminino”. Houve, também, Oficina de Artesanato, Consultoria de Beleza e SPA dos Pés.


Patrícia Palheta, Assistente Social, palestrou "Violência Doméstica"


A palestrante Patrícia Palheta, Assistente Social convidada para o evento, ressaltou a importância da mulher, a dignidade feminina. “Muitas mulheres ficam com o homem porque precisam dele financeiramente e estão ligadas de forma emocional”, disse.


“Ninguém gosta de apanhar, mas, em muitas ocasiões a mulher está ligada àquele homem com certo apego, e se anula, agindo sem razão, só pela emoção e medo. O CAMUF – Macapá/AP (Centro de Atendimento à Mulher e à Família) orienta as mulheres e também os homens, no intuito de que possam superar os impasses da relação amorosa”, salientou Patrícia Palheta.


Outro momento importante do evento foi a Palestra “Empoderamento Feminino”, proferida pela Psicopedagoga Selma Lúcia. A profissional enfatizou que a mulher deve ser feliz independentemente de quaisquer aspectos, não importando se estão casadas, namorando ou solteiras.


Selma Lúcia, Psicopedagoga, palestrou "Empoderamento Feminino"


“As Mulheres devem assumir suas lutas, não podem culpar ninguém por isso, força e capacidade de superar cada obstáculo no caminho”, disse Selma Lúcia.


Resumidamente, o Dia Internacional da Mulher notifica-se dentro de certos aspectos e considerações:

1- O Dia Internacional da Mulher resultou de uma série de lutas, fatores e reivindicações envolvendo o público feminino. Porém, é de senso comum o fato de que a data não serve apenas para comemoração – mas principalmente, para a discussão da importância da mulher na sociedade.


2- O Dia Internacional da Mulher é comemorado em 08 de março. A data foi instituída no ano de 1910 em território dinamarquês, durante a Segunda Conferência Internacional de Mulheres Socialistas. Porém, ela só foi reconhecida pela ONU décadas mais tarde, precisamente, em 1975.


"A força da mulher vem da sua coragem de ousar e ter vigor diante de tantas situações. Igualdade é o objetivo, o respeito e dignidade nessa sociedade", finaliza a Psicopedagoga Selma Lúcia.

9 visualizações