Deputado afastado Moisés Souza pede autorização para fazer doação de um rim em Brasília

O deputado estadual Moisés Souza (PSC), que cumpre prisão por haver sido condenado em ação penal da Operação Eclésia, ingressou com pedido para viajar até Brasília com a finalidade de fazer a doação de um de seus rins para Alvimar Soares Vieira, seu amigo e portador de insuficiencia renal. O pedido de Moisés Souza é assinado pelo advogado Abelardo da Silva Oliveira Júnior e foi endereçado ao desembargador Carlos Tork, presidente do Tribunal de Justiça do Amapá (Tjap).

Moisés pede autorização para viajar pelo fato de Alvimar Vieira, que mora em Brasília, estar necessitando de um transplante de rim e ele terse prontificado a fazer a doação. De acordo com advogado, todas as despesas com passagens, diárias e estadias na capital federal, com os agentes que farão a escolta de Moisés, correrão por conta do parlamentar. Alvimar se submete à sessões de hemodiálise três vezes por semana, tratamento que já dura 15 anos.

“Por questão de solidaridade humana é que o requerente (Moisés Souza) roga por vossa aquiescência, pois, esta será uma tentativa de prolongar os dias de vida do amigo do requerente; mais uma vez, insisto, caso vossa excelência defira o presente pleito, todas as despesas com os agentes responsáveis pela escolta, serão custeadas por este, sem nenhum custo para o estado”, concluiu o advogado Abelardo no peticionamento eletrônico.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo