Crise

Às vésperas da visita do pré-candidato a presidente república do MDB ao Amapá, o diretório regional do partido coloca água na fervura que Henrique Meireles viria esfriar. Bateu o martelo ontem fechando a porta para Fátima. Só Gilvam concorre ao Senado.

Cacique Os dois vinham travando uma ‘guerra fria’ em que publicamente diziam ser possível as duas candidaturas, mas nos bastidores já se sabia que a conta não iria fechar. Gilvam é o presidente do MDB no Amapá.

Brasília Fátima promete reagir. Tem cartas na manga, como se diz, pois estaria munida de resolução da Executiva Nacional chancelando sua candidatura para poder concorrer este ano. Intervenção não está descartada.

Coalizão Já o governador Waldez mantem-se equidistante de polêmicas, pelo menos por enquanto. É que gravitam em torno de seu futuro palanque muitos outros candidatos a senador. Uma hora a coisa se define por lá.

Partido No fim de semana, Waldez manifestou-se por meio de nota em que assina como presidente regional do PDT. Ratificou que no momento oportuno vai se manifestar sobre as alianças eleitorais. Por ora, governa.

Falcão O dirigente da Praticagem, Ricardo Falcão, admitiu ser pré-candidato a deputado federal, pelo DEM. Foi ao comentar decisão da Justiça Eleitoral que o proíbe de impulsionar nas redes sociais publicações sobre sua atuação. A desembargadora Sueli Pini entendeu ser ‘gasto de campanha’.

Causa Em sua defesa, o dirigente da praticagem disse que tem usado seu perfil no Facebook para divulgar críticas e debates sobre o potencial econômico do Amapá. De fato, há uma linha tênue entre divulgar ações institucionais daquilo que pode ser entendido como promoção pessoal. Só que Falcão não pedia voto a ninguém.

Medida Com o julgamento do mérito, a cargo da magistrada, o Facebook fica agora obrigado a retirar da página de Falcão todo conteúdo patrocinado. A sentença também determina que o pré-candidato se abstenha de realizar novas postagens, sob pena do pagamento de multa de R$ 5 mil.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo