Corrida

Equipe Beira Rio venceu prova de revezamento da Corrida do Trabalhador. Também chamada de Desafio da Madrugada, competição atraiu atletas e familiares ao Estádio Zerão no dia 1º de maio.

RG Governo levou ação de cidadania ao Zerão no Dia do Trabalhador. Um dos serviços mais procurados foi a retirada da segunda via da Carteira de Identidade.

Transposição EC 98: atendimentos à transposição não pararam no feriadão. Atendimentos prosseguem até às 18h desta quinta-feira, 3. Número de processos gerados pode chegar a 18 mil.

Saúde No Dia do Trabalhador, também foram contabilizados milhares de serviços de saúde como consultas médicas, aferição de pressão arterial, aplicação de vacina, testes rápidos de HIV, sífilis e hepatite.

Caciques Governo recebeu lideranças indígenas no Palácio do Setentrião. Encontro faz parte da política adotada pelo governo estadual de estreitar a relação com os índios para aperfeiçoar as políticas públicas nas aldeias.

Sine Busca por empregos levou centenas de pessoas ao Zerão no Dia do Trabalhador. Fila começou ainda pela madrugada. Mais de 100 vagas foram oferecidas pelo Sine.

Violência Pedreiro de 61 anos foi morto com pelo menos quatro tiros no Dia do Trabalhador. Bandidos invadiram casa para matar o filho dele, mas vítima acabou alvejada após defender a esposa que era agredida pelos criminosos.

Concurso Prefeito Clécio Luis lançou, ontem, edital para o concurso público da área de saúde. São 444 vagas. Processo ocorre após 14 anos sem concursos na PMM.

Idosos IBGE releva que o Amapá tem o menor índice de idosos do país, com 57 mil pessoas. Apesar disso, Pnad identificou crescimento da população dessa faixa etária em relação a 2016.

Prazo Prazo de entrega de documentos para transposição termina nesta quinta-feira (3) para iniciar processo de inclusão para o quadro da União.

Rapidinhas

Prefeitura de Macapá recebeu mais 20 profissionais do programa do Governo Federal Mais Médicos.

Prefeito Clécio Luís participou da cerimônia de recepção dos médicos. Cinquenta médicos fazem parte do programa. Destes, 41 brasileiros e nove cubanos.

Os 20 novos médicos irão atuar em Macapá [capital e distritos]. Três irão para o Bailique e os demais serão distribuídos em 11 unidades.

“Diferente dos demais, estes são brasileiros que se formaram fora do país. Esperamos que eles se adaptem e que possam ser profissionais e melhorem ainda mais a saúde de Macapá”, disse o prefeito Clécio Luís.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo