Corpo carbonizado é encontrado dentro de carro incendiado na Rodovia Norte/Sul

Foi encontrado na tarde deste domingo (18) na rodovia Norte/Sul, bairro Infraero I, zona norte de Macapá, o carro do taxista Raimundo Vieira da Costa, de 55 anos, que teria desaparecido na noite de sábado (17) supostamente após ter pego quatro passageiros no bairro Congós, zona sul da capital.

O carro foi incendiado e no banco de trás a polícia encontrou um corpo carbonizado. “Não tem como saber a identidade da vítima pelo exame papiloscópico. O cadáver foi submetido a uma alta temperatura que comprometeu até mesmo o fêmur, o maior osso que temos no corpo. Nos teremos dificuldade, inclusive, para extrair o material genético para realizar o exame de DNA. Somente assim poderemos confiar se o corpo é do taxista”, disse o perito criminal Odair Monteiro, da Polícia Técnico Científica (Politec).


Assim que o carro foi localizado dezenas de colegas de praça foram ao local. “É um risco que infelizmente todos nós estamos passivos. O cidadão sai para trabalhar e acaba morrendo dessa forma brutal e covarde”, disse o taxista Manoel Santos.

A Delegacia Especializa em Crimes Contra a Pessoa (Decipe) já assumiu o caso. O caseiro de uma propriedade na Linha E, localizada na AP-440, relatou que um carro semelhante ao do taxista foi usado por bandidos que tentaram assaltar o local pela noite.


O perito Odair Monteiro também disse que a vítima foi incendiada já morta. “Certamente ele foi assassinado e colocado sentado no banco de trás. Uma das janelas estava baixada, o que indica que ele estava morto, ou caso contrário, poderia ter saído por ali. Essa dinâmica do crime ainda será devidamente apurada”, concluiu.

Os restos mortais foram removidos para o Departamento de Medicina Legal (DML) da Politec para ser periciado. A polícia está em busca de pistas que possam levar aos assassinos.

Reportagem e fotos: Jair Zemberg

Texto: Elden Carlos

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo