Com instalação de novos equipamentos, exames oftalmológicos já estão sendo realizados no HCAL

O titular da secretaria de estado da Saúde (Sesa) Gastão Calandrini anunciou na manhã desta quarta-feira (24) no programa LuizMeloEntrevista (DiárioFM 90,9) que, após a instalação dos equipamentos adquiridos pelo governo do Amapá (GEA), exames oftalmológicos já estão sendo realizados no Hospital das Clínicas Albereto Lima (HCal). Segundo ele, também já estão sendo comprados os equipamentos necessários para a realização, no hospital, de cirurgias oftalmológicas, que, por falta de desses equipamentos, os pacientes têm que ser encaminhados para outros estados, através do Programa de Tratamento Fora do Domicílio (PTFD).

“Desde a semana passada estamos com nossa equipe comprando equipamentos para retomar vários serviços de oftalmologia para a população do Amapá, colocando em execução o plano de aparelhamento saúde articulado pelo governador Waldez Góes (PDT) junto à bancada federal. São equipamentos de alta complexidade para realizarmos exames de rotina. Além disso, nós compramos na semana passada os equipamentos para a realização, no hospital, inicialmente de cirurgias simples, como de catarata e glaucoma, que por falta investimentos gestões anteriores os usuários têm que se deslocar para o Pará e outros estados, ficando longe dos familiares e causando transtornos. Atualmente a demanda reprimida é da ordem de 5 mil pessoas, por isso é normal que no inicio haja congestionamento, mas 19 profissionais entre médicos, enfermeiros, técnicos e auxiliares administrativos estão empenhados para que os atendimentos sejam normalizados em breve. Mas lembro que nós temos parceria também com a Clínica dos Capuchinhos, através do SUS, cujos atendimentos prosseguem normalmente”, pontuou.

Ainda de acordo com Gastão Calandrini, dentro de dois meses a marcação de consultas com especialistas em Macapá e Santana serão feitas através da internet, sob a responsabilidade dos próprios médicos das Unidades Básicas de Saúde (UBS), o que acabará com as longas filas, pondo fim ao sofrimento e transtornos sofridos pelos pacientes e familiares:

– Vamos acabar de vez com esse inconveniente das longas filas para marcação de consultas no HCal, onde as pessoas têm que ir de madrugada, obrigando-as a dormirem no sereno, às vezes debaixo de chuva, em condições adversas, e sujeitas muitas vezes ao crime de comercialização de vagas. Isso está com os dias contados, pois estamos implantando desde outubro o sistema de marcação de consultas on line, que já está funcionando nos municípios de Amapá, Tartarugalzinho e Ferreira Gomes e agora estamos partindo para Macapá e Santana, onde dentro de dois meses essas filas históricas estarão acabando, porque ao serem atendidos nas UBS (Unidades Básicas de Saúde), de acordo com o diagnóstico, os pacientes já terão suas consultas agendadas com especialistas pelos próprios médicos, isto é, já sairão das UBS com hora e local de suas consultas – finalizou o secretário de Saúde.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo