Chacinha

Bandidos em carro prata mataram quatro pessoas e deixaram outras duas feridas na Zona Norte de Macapá na noite de segunda-feira (22). Sequência de mortes assustou população.

Sem respostas Não se sabe ainda se os assassinos da noite de segunda-feira são os mesmos vistos em outras ações de um carro prata. O fato é que apesar do número gritante de vítimas, até hoje polícia não deu respostas para as mortes.

Alimentos Orçamento do PAA para 2018 é de R$ 4 milhões. O Rurap já começou a se organizar com a Sims para a realização de chamada pública que será realizada em breve, pelo Estado.

Integração Linha Verde começa a receber camada asfáltica. A via interligará as zonas norte e oeste de Macapá encurtando de 16 km para 5 km o percurso de quem passar pela AP-440 para chegar ao Infraero I.

Escolas Governo concluiu obras de duas escolas do conjunto Macapaba. As duas instituições já funcionarão em 2018 com vagas para ensino fundamental e médio.

Garrafões Várias empresas estão sendo notificadas a aceitar garrafões com validade vencida. Procon alega que consumidores pagam pela água e não assumem a responsabilidade do vasilhame.

Expulsão União revelou já ter expulsado 136 servidores federais por irregularidades no Amapá. Relatório da CGU levantou números entre 2003 e 2017. Quase 70% dos casos têm ligação com corrupção.

Aprovadas Mobilidade urbana em Mazagão já está com 90% das obras concluídas. Governador Waldez Góes visitou as obras e aprovou serviço.

Presídio Após muitas conversações, Governo Federal anunciou doação de terreno para o Amapá construir novo presídio de regime fechado. O terreno fica numa área de 12 hectares no km 17 da BR-210, em Macapá.

História Mazagão Velho foi palco, ontem, de grande festa para comemorar 248 anos de história. Antiga Vila, atualmente Distrito do município de Mazagão, foi criada no dia 23 de janeiro de 1770 por marroquinos e portugueses.

Rapidinhas

Os novos aparelhos adquiridos pelo Governo do Estado do Amapá começaram a ser instalados no setor de oftalmologia do Hospital de Clínicas Alberto Lima (Hcal).

Os que são destinados a consultas de rotina, como a cadeira oftalmológica, já estão em operação para atendimento ao público.

Dentre os equipamentos estão: auto refrator, microscópio especular, retinógrafo, lâmpada de fenda, coluna oftalmológica, lensômetro, cadeira oftalmológica, entre outros, que garantirão a oferta de serviços que estavam sendo feitos em clínicas conveniadas à Sesa.

Atualmente, o setor de oftalmologia conta com 19 profissionais, sendo oito médicos especialistas, quatro auxiliares em enfermagem, três técnicos, um agente de saúde e três administrativos.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo