CEA intensifica combate aos ‘gatos’ e constata que fraudes atingem cerca de 30% do sistema

O diretor comercial da Companhia de Eletricidade do Amappá (CEA), Anselmo Lima, afirmou na manhã desta terça-feira (30) no programa LuizMeloEntrevista (DiárioFM 90,9) que o combate aos ‘gatos’ na distribuição de energia elétrica está sendo intensificado. Segundo ele, somente no o prejuízo da concessionária foi da ordem da R$ 250 milhões, e a fiscalização que está em curso já constatou que as fraudes atingem cerca de 30% de todo o sistema em Macapá.

“Nós deflagramos essa fiscalização no início do ano e já constatamos que os ‘gatos’ atingem cerca de 30% do sistema e foram responsáveis em 2017 por prejuízo da ordem de R$ 250 milhões à CEA. É uma situação alarmante, que precisa ser combatida com efetividade, porque não é só a Companhia que perde, mas também o governo do estado (GEA), que deixa de arrecadar impostos e investir na prestação de serviços à população, como os próprios consumidores, porque esse dinheiro deixar de ser investido na melhoria da qualidade da energia elétrica, além de impactar diariamente nos reajustes, a exemplo do que ocorreu em novembro do ano passado”, ponderou.

Perguntado se a CEA já está adotando medidas para melhorar o atendimento na área comercial, que é alvo de constantes reclamações, Anselmo garantiu que sim: “Quero aproveitar a oportunidade para informar que além do atendimento na própria sede da Companhia, aonde nós vamos iniciar agora uma grande reforma dotando o local de melhores condições de conforto e rapidez no atendimento, nós também dispomos de atendimentos em todas as unidades do Superfácil, e que inclusive vamos dobrar o número de atendentes nesses espaços”.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo