Caminhada pela Adoção tem público recorde este ano

A ‘Caminhada pela Adoção’ foi às ruas de Macapá pela quinta vez consecutiva neste sábado (26). Comandado pela desembargadora Sueli Pini, este ano o evento, que tem como objetivo sensibilizar crianças e adolescentes para a importância da adoção de crianças e adolescentes, também fechou o mês nacional da adoção.


“Alguns tabus ainda permeiam o imaginário do brasileiro no que diz respeito à adoção e cito três mais recorrentes; o primeiro é com relação à questão de não ser filho biológico. Ora, todos são biológicos; o segundo é que todos os filhos são adotivos, porque os pais têm que adotar os filhos que colocam no mundo; e o terceiro é que nenhuma criança nasce com certificado de segurança. Às vezes complicado criar um ser humano em condições muito difíceis, mas mesmo no pântano a flor desabrocha incrivelmente; tabus precisa ser desconstruídos, e nossa idéia é chamar atenção para a importância da adoção; que tem milhares de crianças em abrigos e orfanatos esperando por uma família; que adoção não é caridade, é um ato de responsabilidade, de amor incondicional. Filho a gente ama mesmo que não receba esse amor de volta”, concluiu.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo