Caixa Econômica veta acesso de servidores do Fundo Municipal de Saúde a empréstimos consignados

Uma ouvinte do programa LuizMeloEntrevista (DiárioFM 90,9) que se identificou como Hilma, reclamou na manhã desta terça-feira (22) que a Caixa Econômica Federal (CEF) se recusa a conceder empréstimos consignados para servidores que são pagos pelo Fundo Municipal de Saúde: “Nós não estamos tendo acesso à Caixa e o gerente alega que o prefeito tem que fazer outro CNPJ e outro contrato para termos acesso a empréstimos, o que não se justifica, porque somos concursados. Precisamos de um posicionamento porque não podemos viver com esse constrangimento”.

Acionado por telefone pelo apresentador do programa, jornalista Luiz Melo, o secretário municipal de Saúde, Eldren Lages, admitiu o problema, mas disse que tratativas estão sendo feitas para solucioná-lo: “Realmente a Caixa não está f fazendo empréstimos aos servidores do Fundo Municipal de Saúde, mas a secretaria de Administração (Semad) fez tratativas com o superintendente da Caixa Econômica para fazer correção contrato, o que já está sendo providenciado”.

O secretário explicou que o impasse foi gerado porque o contrato com a CEF foi feito em nome da prefeitura de Macapá: “inicialmente o contrato foi feito com o CNPJ da prefeitura e não contemplou os servidores do Fundo porque temos personalidade própria, e por isso os servidores estavam impedidos de fazer empréstimo consignado; mas eu acredito que nos próximos dias nós vamos ter esse problema resolvido”.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo