Brasil pronto para a batalha

O torcedor brasileiro tem que economizar emoções porque a partir de hoje elas poderão ser acumuladas em sete parcelas, correspondentes às sétimas partidas atribuídas ao campeão da Copa, três correspondentes a classificação, uma nas oitavas, outra nas quartas, e finalmente, a semifinal e o coroamento da final. Este é o objetivo das principais seleções que disputam a competição, entre quais está o Brasil, assim como outras tão fortes como ele, com destaque para Alemanha, última campeã, França, Espanha, Inglaterra, Portugal e outras.

A campanha brasileira começa esta tarde, às 15 horas (de Brasília) e o adversário é a Suiça, não muito do primeiro time mundial, mas com forte característica de jogo fechado, dificultando a ação dos atacantes.

Desde que o treinador Tite assumiu a direção da seleção que o trabalho tem sido desenvolvido em criar na equipe forte espírito de unidade, responsável pelo sucesso em esporte coletivo.

Tite pode se orgulhar de que foi o treinador que, nos últimos tempos pôde para preparar a equipe com muitos treinos, e tendo os profissionais à disposição para realizar atividades de conjunto.

Bem avaliado, depois do período de ajustes, Tite começou a trabalha num conjunto que desse estrutura à equipe. Depois de 21 jogos, todos com vitórias, seguiu em o trabalho, visando a unidade da equipe. De certo modo, o trabalho do treinador foi facilitado pelas circunstâncias atuais do futebol brasileiro no qual acabou tirando proveito com a saída em massa dos grandes craques brasileiros para exterior. Foi benéfico para a seleção, mas carece de melhor adaptação para o futebol país. Hoje a seleção é totalmente formada por jogadores que atuam no exterior.

Para a partida desta tarde o treinador desfez todas as dúvidas e com três dias de antecedência divulgando dos 11 que entram. O ambiente na delegação é o mais fraterno possível com todos torcendo para um resultado vitorioso. O próximo jogo do Brasil será dia 22, contra Costa Rica, às 9 horas, e no dia 27, contra a Sérvia, às 17 horas. O Brasil joga escalado com Alisson, Danilo, Thiago Silva, Miranda, Marcelo, Rosemiro, Paulinho,William, Felipe Coutinho, Neymar e Gabriel Jesus.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo