Brasil e México, na segunda, 2

De inicio, sem apresenta sua costumeira qualidade, a seleção brasileira de futebol, mesmo assim, conseguiu um empate contra a Suiça, que, afinal, não é da primeira linha do mundo, o Brasil mesmo sem grandes atuações acabou finalista nas oitavas, mostrando condição de avançar, como de fato, aconteceu na segunda partida, contra a Costa Rica, com placar favorável e, por fim, a boa vitória, com bom futebol sobre a Sérvia, antes temida como forte adversária. A situação da seleção brasileira agora, apresenta-se diferente dos primeiros dias, com boa chance de avançar sobre o México, segunda-feira, às 11 horas. A grande vantagem para a partida de segunda-feira vem do fato de que a seleção brasileira jamais perdeu para o México, em jogos da Copa do Mundo.

Analisando o comportamento apresentado na primeira fase, qualquer adversário das oitavas não provoca medo à seleção de Tite. O México, porém, não pode ser desprezado, como oponente inexpressivo. A vitória sobre a Alemanha na primeira rodada da Copa, deixou boa impressão no mundo do futebol, embora logo ficasse comprovado a fragilidade da atual seleção germânica caindo, primeira vez, na primeira fase. Mas a força que se atribuía à seleção dirigida por Juan Carlos Osório se derretei contra a Suécia, com derrota de 3 a 0, apagando a impressão de ser uma das candidatas ao título.

A atuação da seleção brasileira contra a Sérvia deu ao treinador Tite a certeza, de que, em algum setor a equipe precisa mudar. Os jogadores, que segundo ecos de dentro da seleção, não estão correspondendo o que deles se espera são William e Gabriel Jesus, ao contrário de Casemiro e Felipe Coutinho, tidos como os melhores nos três jogos. Para segunda-feira, a escalação do time poderá apresentar algumas modificações, inclusive com a suspeita do espasmo sofrido pelo lateral Marcelo, que teve contratura na coluna cervical, e que o fez sair da partida contra os servos e ceder lugar para Luís Felipe. Segundo o médico Rodrigo Lasmar a sua presença contra os mexicanos é quase certa porque a seleção terá quatro dias para se recuperar fisicamente, tempo para recomposição do elenco.

Decorrida a primeira fase da Copa pode-se avaliar as principais candidatas ao título ,deixando bem claro que , para algumas a conquista poderá ser apenas um sonho. Depois da primeira fase, fica evidente que os maiores adversários são Croácia, Bélgica e Uruguai.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo