Brasil diminui pesadelo

Foi evidente que a vitória de terça-feira, sobre a Alemanha, em Berlim, representa o inicio do salvo conduto que a seleção brasileira estava precisando para se libertar do fatídico 7 a 1, e participar em Moscou, com a autoridade que sempre foi sua marca. Entretanto, apesar do otimismo do torcedor brasileiro, não se deve deixar de se reconhecer alguns detalhes que justificam o resultado de 1 a 0, diante de uma seleção com ausência de seis titulares. Contudo, em nada diminui a força do Brasil para as finais de Moscou, por ter a seleção canarinho grande escala o individualismo dos seus craques.

Praticamente, a seleção de Tite está quase 100% formada e o que vai prevalecer é trabalho nesses 78 dias faltosos para as disputas. A partida valeu para apagar o medo que se tinha dos alemães colocou o futebol brasileiro sem temer quaisquer adversários. Antes da estréia, no dia 17 de junho, contra a Suiça, a seleção poderá ainda fazer dois amistosos, no dia 6 de junho, contra a Croácia e quatro dias depois, enfrentando a Áustria , porque como disse Joachim Low, Tite deu forma à seleção que ainda sofre com desgaste fora das quatros linhas. Confortado com o resultado, a seleção volta a ser chamada a partir do dia 01 de maio, quando então começa o efetivo trabalho final e, quando Tite, chamará de vez, os 23 escolhidos para a seleção, seguindo depois para Moscou aguardar a estréia contra o suíços. O trabalho final da equipe será feito na Inglaterra, no Centro Esportivo do Tottenham.

Não chore Argentina Foi impiedosa a goleada sofrida pela seleção argentina, diante de Espanha, por 6 a 1, em Madrid.A maior desculpa que os argentinos estavam sem Messi e Di Maria, detalhe pouco convincente para tal resultado. O fato verdadeiro é que a seleção não vem bem desde as eliminatórias, quando conseguiu a classificação na última rodada e, por intermédio de Messi, que assinalou três gols na partida. A queda do futebol argentino vem se acentuando desde algum tempo devido a problemas sociais do país. Em 2014, deu a volta por cima e conseguiu o vice- campeonato, perdendo para a Alemanha em partida de igual par igual. A derrota de Madrid, por certo, vai repercutir nos jogos de Moscou, porque na primeira fase joga contra Islândia, Croácia e Nigéria.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo