Bandido é preso e espancado por populares após tentativa de roubo a taxista

Um taxista foi vítima de tentativa de roubo na noite deste domingo nas proximidades da Rodoviária, no bairro São Lázaro (Zona Norte de Macapá). De acordo com o motorista, que pediu para não ser identificado, ele trafegava no sentido Norte-Sul quando um homem fez sinal de parada, mas enquanto abria a porta dois outros indivíduos adentraram no veículo de forma muito rápida e ele desconfiou que se fossem bandidos. “Eu parei o carro porque vi que era só uma pessoa, mas fui surpreendido com outros dois entrando e não tive opção senão seguir em frente, mas fiquei preocupado quando eles começaram a levantar os vidros; perguntei o motivo e um deles me disse que não queria mostrar o rosto. Aí tive certeza que eu seria assaltado e fiquei procurando um lugar com bastante gente pra eu pular do carro, até que cheguei perto da Avenida Pedro Américo, próximo à Igreja vi que tinha um pessoal lá, no momento em que passaram a faca em mim e disseram que iam me matar eu me joguei no asfalto”, acrescentando: – Eles desceram do carro e começaram a me agredir, foi quando as pessoas da parada correram pra cima deles, eles correram e entraram em uma casa na Avenida Ana Néri, onde tinha uma população bebendo e eles foram perseguidos; dois conseguiram fugir, mas um foi pego. Em seguida um policial chegou até mim e disse pra eu ir ao local para reconhecer o cara. Policiais militares levaram o autor do crime, identificado como Cleiton Marques da Cunha, vulgo ‘Maranhão’, de 32 anos, que estava bastante machucado, ao Hospital de Emergências (HE) e, depois de atendido pela equipe médica, conduzido ao Ciosp do Pacoval, onde foi autuado em flagrante por tentativa de roubo qualificado (praticado mediante grave ameaça e violência). Reportagem e fotos: Jair Zemberg

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo