Arbitragem, o nó do Brasileirão

A disputa do |Brasileirão de 2018 começou bem no último final de semana, com a maioria dos favoritos cravando resultados favoráveis aos seus interesses. O assunto arbitragem foi o motivo para várias reclamações, umas apelativas, outras justas, como aconteceu na partida entre Vitória e Flamengo, em Salvador, com empate de 2 a 2, placar reclamado pelo time rubro negro, que se viu prejudicado pelo árbitro Wagner Raway, que marcou pênalti em lance com Everton Ribeiro que, depois de receber uma bolada no rosto e não na mão, foi expulso. O problema está contornado, mas o que fica na questão é a fragilidade dos árbitros no futebol moderno. Todas as partidas, ao final, têm sempre reclamações de interpretações equivocada de toda a equipe de arbitragem que comanda o jogo. Está claro que a Fifa tem razão em querer apressar o uso dos vídeos para evitar desgaste para o futuro do futebol. O processo vai ser implantado na Copa da Rússia, como o intuito de que não haja confusão e a competição termina com sucesso. Com isso, cabe às entidades de todo o mundo a colocar em prática o sistema, porque o futebol é, entre as modalidades, que menos evoluiu no aspecto de mudança às suas regras e isso pode trazer prejuízo a longo prazo.

Neymar A contusão de Neymar no quinto dedo do pé direito, a princípio, foi tida como lesão primária, mas hoje de constata que não foi bem assim. O próprio jogador disse em entrevista à televisão que espera mais um mês e pouquinho mais para ser liberado e realizar atividade em com bola. O Brasil estréia na Copa da Rússia no dia 17 de junho, contra a Suiça. Faltam, portanto dois meses. Como o jogador terá mais 30 dias para se recuperar sobra muito pouco tempo para se preparar bem para formar na equipe titular brasileira. O melhor é ser otimista e pensar no retorno imediato do jogador.

Daniel Alves e Jesus O lateral Daniel Alves e o atacante Gabriel Jesus estão em momento de gala no futebol francês e inglês. Daniel foi campeão pelo PSG, conquistando o 37º título na carreira, igualando o recorde do Rei Pelé. Jesus sagrou-se campeão na Inglaterra pelo Manchester City, o time de Guardiola.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo